Informe Publicitário

iNFORME PUBLICITÁRIO

Lieu Unique: Empreendimento da Plaenge conquista prêmio internacional

Esta é a segunda vez em que projetos desenvolvidos pela construtora em Campo Grande são reconhecidos internacionalmente.

Continue lendo...

A Plaenge recebeu um novo prêmio internacional de arquitetura e design. O projeto do Lieu Unique, empreendimento do segmento de urbanismo em Campo Grande, foi premiado na categoria Architectural Design pelo OPAL Award - Outstanding Property Award London.


Sediado em Londres, o prêmio OPAL tem 35 anos de tradição e reconhece projetos de arquitetura, design de interiores e desenvolvimento imobiliário de todo o mundo. Criatividade, inovação, impacto social e sustentabilidade são observados para eleger os destaques.

Esta é a segunda vez em que projetos desenvolvidos pela construtora em Campo Grande são reconhecidos internacionalmente.

Para o diretor da Plaenge, Édison Holzmann é uma satisfação muito grande receber essas premiações. “Dois prêmios de prestígio dentro do mercado imobiliário mundial. Primeiro com o Momentum, vencedor na categoria Multi Residence do International Property Awards e agora com o Lieu Unique, no Prêmio Opal Award. Estamos muito orgulhosos”, afirma Holzmann.


A premiação atribui reputação internacional ao empreendimento e ratifica o know-how da Plaenge em trazer ao mercado projetos inovadores que valorizam o bem-estar, a qualidade de vida, a sofisticação e o design.

Para a Gerente Regional de Urbanismo da Plaenge, Daniela Soares, a premiação do Lieu Unique é mais um presente aos clientes do empreendimento. “Desde a sua concepção, o nosso desejo foi desenvolver um projeto icônico para Campo Grande, trazendo uma nova referência em loteamentos fechados de luxo para o mercado nacional. Receber este prêmio internacional, para um empreendimento que é um sucesso de vendas, coroa este propósito e presenteia a cidade com um novo destaque arquitetônico.”

Rafael Castro do escritório Castro Arquitetos, sediado também em Campo Grande e que assina o projeto, conta que recebeu a notícia da premiação com um sentimento de orgulho pessoal e coletivo. “Foi um trabalho longo, árduo e muito gratificante. Buscamos sempre evoluir a arquitetura no Brasil e fazer isso em nossa "casa" é muito especial”.

A aplicação de uma arquitetura inovadora e conceitual foi uma das características que chamou a atenção dos jurados. Empreendimentos horizontais geralmente são marcados pela guarita e pórtico de entrada.

No Lieu Unique todos os elementos construtivos de um condomínio foram unidos em uma grande estrutura localizada na fachada do empreendimento. Além do olhar estético o projeto foi desenvolvido de acordo com os princípios de sustentabilidade para a certificação Leed Platinum, que atesta o uso dos critérios ambientais legalmente reconhecidos.

 

 

Espaços como academia, salão de festas e áreas de convívio, por exemplo, se integram ao pórtico e à guarita, maximizando e inovando o conceito de implantação de fachadas de loteamentos.


Situado dentro do bairro Chácara dos Poderes, na região de Campo Grande conhecida como Jardim Veraneio, o empreendimento conta com um fácil e rápido deslocamento ao Parque dos Poderes, shoppings, redes de serviços, negócios e ligação com o centro da cidade, que também pode ser acessado em poucos minutos.

Para conhecer o Lieu Unique, agende sua visita na Plaenge Experience Center, que fica na Via Park com Avenida Mato Grosso, por meio dos nossos canais digitais ou ainda pelo telefone e whatsapp: (67) 3322-9600.


Sobre a Plaenge


A Plaenge é a maior construtora do sul do Brasil, referência no ramo imobiliário de alto padrão em seis estados brasileiros e no Chile. Também atua nos segmentos industrial e de desenvolvimento urbano.

Ao longo destes anos, somam seis milhões de metros quadrados construídos e o marco de 450 empreendimentos residenciais entregues, conquistando a credibilidade de mais de 100 mil clientes.

Saiba mais sobre a Plaenge: www.plaenge.com.br  

informe publicitário

Cidade Empreendedora transforma a economia de 36 municípios de Mato Grosso do Sul

Executado pelo Sebrae/MS e pelas prefeituras que aderiram à iniciativa, programa auxilia desenvolvimento local a partir do fortalecimento dos pequenos negócios.

07/06/2024 08h30

sebrae

sebrae reprodução

Continue Lendo...

Novas empresas, conexão de pequenos empreendedores com grandes empreendimentos, melhorias na gestão pública que fortalecem o ambiente de negócios e oportunidades de geração de renda para a população. Esses são os resultados observados na economia local de 36 municípios de Mato Grosso do Sul que foram acompanhados nos últimos anos pelo Sebrae/MS via programa Cidade Empreendedora, executado em parceria com as Prefeituras Municipais.

Esse legado foi celebrado nesta segunda-feira (3), com uma cerimônia no Gran Murano Buffet em Campo Grande, que marcou o encerramento do programa nas cidades e homenageou os prefeitos com a entrega de uma placa em reconhecimento ao trabalho realizado. Na data, o governador, Eduardo Riedel, esteve presente e destacou a importância do programa para o desenvolvimento sustentável do Estado, já que as cidades que concluem o Cidade Empreendedora em 2024 correspondem a 45% dos municípios de Mato Grosso do Sul.

cidade empreendedora Reprodução

"O Cidade Empreendedora é um trabalho que envolve o comprometimento tanto das prefeituras quanto do Sebrae com o único objetivo: criar um ambiente de negócios cada vez melhor para os empreendedores. Mato Grosso do Sul atravessa um momento de desenvolvimento e o Sebrae, dando esse suporte para os municípios com atendimento aos empresários, auxiliando na diminuição do tempo de abertura de empresas, e no processo educacional com o fomento do ensino de competências empreendedoras nas escolas, vem ao encontro daquilo que a gente quer em Mato Grosso do Sul", destacou Riedel.

De acordo com o superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, desde 2021, o Cidade Empreendedora é a principal estratégia para a melhoria do ambiente de negócios e, atualmente, o projeto consolidado em Mato Grosso do Sul é referência nacional e exemplo usado por outros Estados na construção das ações pela eficácia comprovada.

“Criamos um programa que é reconhecido nacionalmente, onde a prefeitura abraça e ideia e se compromete com o processo de desenvolvimento. Somente nos últimos 15 meses, realizamos mais de 230 mil atendimentos nas 36 cidades, contemplando 39 mil empresas diferentes. É assim que o Sebrae apoia cada empreendedor lá na ponta e constrói um Estado mais próspero e sustentável, com a inclusão do pequeno negócio e a atuação de todos os parceiros rumo a um mesmo objetivo”, destacou Mendonça.

cidade empreendedora - sebraeReprodução

Dos 36 municípios que concluem o Cidade Empreendedora em 2024, 18 encerram o ciclo regular do programa, sendo que 11 deles começaram a ser acompanhados pelo Sebrae em 2022: Água Clara, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Caarapó, Coxim, Naviraí, Nioaque, Pedro Gomes, Ponta Porã e Santa Rita do Pardo. As demais cidades ingressaram em 2023 e são: Aparecida do Taboado, Brasilândia, Deodápolis, Ladário, Miranda, Paranaíba e São Gabriel do Oeste.

Já os outros 18 municípios concluem o ciclo Expansão – uma segunda fase de acompanhamento oferecida pelo Sebrae desde 2023, após a finalização do ciclo regular, com ações voltadas para dinamizar a economia e promover a competitividade. Compõem o Expansão: Amambai, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Costa Rica, Dourados, Inocência, Jaraguari, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Sonora e Terenos.

cidade empreendedoraReprodução

Participaram da cerimônia de encerramento do programa Cidade Empreendedora, os deputados federais Geraldo Resende e Rodolfo Nogueira, além dos conselheiros do Sebrae/MS: Alfredo Zamlutti (Sistema Faems); Marcelo Turine (UFMS); Camila Ítavo (UFMS); Ricardo Senna (Semadesc); Luiz Claudio Fornari (Sistema Fiems); Márcio de Araújo Pereira (Fundect); Zigomar Burile (Sistema Fiems); e Cristiane Bissone (AMEMS).

Fomento ao empreendedorismo

Apoiar os empreendedores locais com orientações e capacitações para a melhoria do negócio, além de dar suporte para quem deseja abrir a própria empresa é uma das linhas de atuação do Cidade Empreendedora. Esse trabalho teve um impacto positivo no fomento ao empreendedorismo. De acordo com dados da Receita Federal, somente nos últimos 15 meses, de janeiro de 2023 a abril de 2024, foram abertas 26.432 empresas nos 36 municípios atendidos, o que corresponde a um crescimento médio de 8% se comparado com o mesmo período anterior.

O número de microempreendedores individuais (MEIs) também cresceu durante a execução do programa. No mesmo período, foi registrada a formalização de 11.650 novos MEIs, um aumento médio de 25% em comparação ao período anterior. Atualmente, são 58.367 empresários que se enquadram na categoria e estão ativos nos 36 municípios. 

cidade empreendedoraReprodução

O programa também melhorou o serviço oferecido pelas Salas do Empreendedor nas cidades. O espaço é o principal ponto de apoio ao empresário local e a futuros empreendedores com atendimento e capacitações. Em 2024, o trabalho desenvolvido por 21 municípios foi reconhecido pelo Sebrae, quando as salas receberam um selo de referência pela qualidade do serviço. Das cidades premiadas, quatro foram contempladas com a mais alta honraria – o selo Diamante, entregue, em âmbito nacional. São elas: Chapadão do Sul, Dourados, Paranaíba e São Gabriel do Oeste.

Para transformar cada cidade em um ambiente mais propício à inovação, o Cidade Empreendedora, em conjunto com as Prefeituras, auxiliou na consolidação de sete Ecossistemas Locais de Inovação, compostos por representantes da sociedade, entidades do Sistema S e instituições de ensino, além de empreendedores locais, que executam ações de incentivo ao desenvolvimento científico, tecnológico e inovador e apoiam o surgimento de novos negócios na área. Também foram criados grupos de trabalho com esse propósito em 16 Cidades Empreendedoras.

cidade empreendedoraReprodução

Outra iniciativa para fomentar o empreendedorismo é trazer mais competitividade para os pequenos empreendedores e possibilitar que eles acessem novos mercados. Nesse contexto, o Sebrae aproxima os empresários de grandes empresas, identificando aqueles que têm potencial para tornarem-se fornecedores e oferecendo qualificação para a concretização de negócios. Desde 2021, a instituição já firmou 29 parcerias com grandes empreendimentos, com a consolidação de R$ 120 milhões gerados a partir da realização de rodadas e sessões de negócios.

Atualmente, em 44% das 36 Cidades Empreendedoras, há grupos de trabalho voltados a conexões corporativas, além disso, foram realizados em Mato Grosso do Sul dois projetos de encadeamento produtivo com a qualificação de 200 fornecedores locais para atender a uma grande indústria de celulose e uma usina de produção de bioenergia e etanol – um na região Costa Leste e outro na região Sul do Estado. Neste ano, inicia-se mais um projeto com o foco em empreendedores da Costa Leste e, atualmente, há 100 empresários inscritos para participar.

Gestão pública e melhoria do ambiente de negócios

Mais do que apoiar os empreendedores locais, o Cidade Empreendedora também atuou capacitando os servidores municipais para que pudessem desenvolver o espírito de liderança e a melhoria de processos, o que refletiu no serviço oferecido à população. Isso possibilitou, por exemplo, uma redução no tempo médio para abertura de empresas em 94% dos municípios atendidos.
 
Com esse trabalho, muitas cidades também conseguiram facilitar o processo para quem deseja abrir um empreendimento. Em 66% dos municípios, não são exigidos alvarás de localização e funcionamento ou licenças sanitárias e ambientais para que microempreendedores individuais e empresas de baixo risco possam começar a operar, o que traz mais celeridade para a abertura.
 
Melhorias também foram obtidas na área de compras públicas das Prefeituras Municipais. Os servidores receberam consultoria com orientações para a aplicação de benefícios aos empreendedores do município nos editais de licitação – um tratamento diferenciado previsto pela Lei 123/2006 – para que pudessem ampliar a compra de produtos feita na própria cidade como forma de alavancar a economia local.

A partir dessa iniciativa, 94% dos municípios padronizaram o fluxo do processo licitatório, tornando o procedimento mais célere e eficiente. Além disso, 42% das cidades adotaram estratégias para estimular o pequeno negócio a participar das licitações municipais. Uma delas foi a implementação de um cronograma anual de compras, que expõe ao empreendedor o período em que é adquirido cada tipo de produto pela prefeitura, permitindo que ele se organize para participar dos pregões.

Já na área de compras públicas rurais, 69% dos municípios receberam apoio para melhorar o processo de aquisição de produtos da agricultura familiar via Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Nas 25 cidades, as prefeituras investiram, no total, R$ 14 milhões na compra de alimentos de pequenos produtores locais em 2023, considerando os dois programas – um aumento de 179% no valor se comparado com 2021, quando 15 municípios atendidos investiram R$ 5 milhões.

O crescimento também foi considerável em relação ao número de produtores em Cidades Empreendedoras que realizaram vendas para as prefeituras – em 2021 eram 251 agricultores familiares e, em 2023, esse número foi ampliado para 461 – um crescimento de 83%. Para possibilitar esse resultado, além de atuar junto com a administração municipal, o programa também ofereceu consultoria aos produtores na área técnica e de gestão para o planejamento de produção e melhoria da qualidade dos produtos oferecidos.


Cultura empreendedora

Outra iniciativa desenvolvida pelo Sebrae nos municípios é fomento a uma cultura empreendedora nas escolas. Por meio do Cidade Empreendedora, professores são capacitados para a abordagem de competências empreendedoras em sala de aula, de modo a trabalhar com os estudantes o empreendedorismo como possibilidade de carreira, além de proporcionar que crianças e adolescentes desenvolvam habilidades como bom relacionamento, trabalho em equipe, comunicação e planejamento.
 
Uma das ações promovidas é a aplicação da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), voltada para estudantes do Ensino Fundamental, que foi adotada por 89% dos municípios atendidos pelo programa em 2023. Ao todo, 29 mil estudantes foram contemplados com soluções voltadas ao desenvolvimento de competências empreendedoras.
 
Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas pela Central de Relacionamento do Sebrae por meio do 0800 570 0800 ou pelo site cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.
 

INFORME PUBLICITÁRIO

Um novo Plaenge no Jardim dos Estados: Conheça o Alameda Jardim

Com diversos jardins internos, o projeto traz um ambiente harmonioso e acolhedor, onde os moradores podem desfrutar de momentos de lazer e relaxamento em meio ao paisagismo

07/06/2024 00h00

Alameda Jardim remete à arquitetura moderna brasileira e harmonia de espaços.

Alameda Jardim remete à arquitetura moderna brasileira e harmonia de espaços. Foto: Divulgação Plaenge

Continue Lendo...

Conhecido por suas ruas arborizadas e vida urbana dinâmica, o bairro Jardim dos Estados se destaca por seu charme, requinte e ampla oferta de serviços e opções gastronômicas. Em constante evolução, a região mescla elementos do passado com o presente, proporcionando uma experiência única tanto a moradores quanto aos frequentadores do bairro. É nessa atmosfera, unindo a vida urbana em harmonia com a natureza que a Plaenge lança o empreendimento Alameda Jardim.


O empreendimento combina elegância e tradição em um projeto que traduz a brasilidade contemporânea e o bem-estar. Com diversos jardins internos, o projeto traz um ambiente harmonioso e acolhedor, onde os moradores podem desfrutar de momentos de lazer e relaxamento em meio ao paisagismo.

Harmonia na Arquitetura

A arquitetura do Alameda Jardim se destaca pela integração delicada entre os espaços internos e externos. A fusão das varandas com os ambientes internos não apenas amplia visualmente os espaços, mas também estabelece uma conexão envolvente com o entorno urbano e natural.

 
As linhas horizontais e pilares arredondados da fachada evocam a arquitetura moderna brasileira, proporcionando uma identidade estética marcante que respeita, valoriza a paisagem do bairro, em uma vida cotidiana simplificada.

 

Marcelo Kenchikoski, gerente regional da Plaenge, comenta que o Alameda Jardim é um projeto que conseguiu traduzir a essência do Jardim dos Estados, com um novo olhar. “Desenvolvemos um empreendimento que se integra perfeitamente ao contexto urbano e natural da região, proporcionando uma qualidade de vida excepcional para os moradores, em sintonia com o tempo e o bairro."

Sinergia e Sofisticação

A arquitetura de interiores do Alameda Jardim transcende as fronteiras físicas, promovendo uma sinergia entre os ambientes. A entrada abundante de luz natural, transforma os espaços ao longo do dia. A madeira presente de maneira imponente aquece os ambientes, enquanto detalhes neutros texturizados e metais dourados adicionam sofisticação. O mobiliário foi cuidadosamente selecionado tornando cada espaço uma verdadeira galeria.

A arquiteta Luiza Bohrer, da Bohrer Arquitetura destaca que o objetivo foi criar uma atmosfera natural com sofisficação. “Os ambientes internos do Alameda Jardim oferecem um cenário perfeito para momentos e experiências marcantes, sempre em conexão com o verde ao redor."

O projeto paisagístico do Alameda Jardim traz a natureza em cada detalhe. Desde o acesso, marcado por um caminho entre muitas árvores, até por exemplo, ambientes como o Jardim da Terra, do Fogo, das Águas, cada espaço do empreendimento que foi planejado para unir beleza natural e conforto de forma harmoniosa. Na rua lateral, um Jardim Urbano oferece bancos cercados por árvores, criando uma atmosfera acolhedora na cidade. 

Alameda JardimEspaços internos e externos em harmonia com brasilidade. Foto: Divulgação Plaenge

O Alameda Jardim captura a essência do Jardim dos Estados, oferecendo aos moradores de Campo Grande um refúgio tranquilo e revitalizante em meio à vida urbana dinâmica.

Visite a Plaenge Experience Center

O lançamento do Alameda Jardim acontece na Plaenge Experience Center, que fica na Via Park, no cruzamento com a Avenida Mato Grosso.

Agende sua visita e conheça o apartamento decorado, por meio do WhatsApp ou telefone pelo número (67) 3322-9600 - (Clique aqui)
 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).