Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BOLETIM COVID-19

MS mantém média móvel de mortes acima de 13 casos desde a segunda quinzena de junho

Apesar de mostrar retração em alguns dias, indicador tem dificuldade de cair devido ao avanço da covid-19 em Campo Grande
30/08/2020 11:40 - Rodrigo Almeida


Desde que começaram a ser publicados diariamente, os boletins epidemiológicos fornecem informação de qualidade para o combate da pandemia do novo coronavírus no estado. 

Assim é possível observar por gráficos de média móvel – aquele que se refere ao número de casos dos últimos sete dias divididos por sete -, que Campo Grande segue impulsionando os números da Covid-19 no estado. 

Atualmente, a Capital já notificou 21 085 casos positivos da doença, 43% da totalidade do estado. Só para termos de comparação, Dourados, a segunda cidade neste ranking, e epicentro inicial, representa 11,3% das notificações, ou seja, 5 504 casos. 

Corumbá é outra localidade que preocupa. Até agora foram 2586 positivos na Cidade Branca, 5,3% de tudo que o estado observou. Além disso a Macrorregião apresenta 77% ocupação de leitos SUS. 

A média móvel de novos infectados é o que mantém todos esses números em alta. De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, MS contava com taxa de transmissão de 1,07. 

Isso quer dizer que a cada 100 pessoas infectadas pela Covid-19 no estado, elas transmitiriam a doença para 107 novas pessoas, e essas 107 para 114 e assim sucessivamente. 

A doença segue em progressão geométrica, e não há indícios de regressão pelo que se pode observar no dia a dia do estado e principalmente, da Capital. 

É o que diz a secretaria-adjunta da SES, Crhistine Maymone, “Campo Grande é uma cidade com mobilidade muito grande e observamos que as pessoas não usam máscaras e levam a vida normalmente”, ela segue reforçando as regras de biossegurança e para que as pessoas passem o fim de semana com a família, aqueles que moram no mesmo lar.  

Covid-19 segue em alta 

O boletim epidemiológico da SES da manhã deste domingo, 30, revelou 499 casos novos em MS. Campo Grande divulgou 284 casos, Dourados, 56, Nova Alvorada do Sul, 28, Corumbá, 18, e Aquidauana, 13. 

Apesar de números menores que os observados durante a semana, o secretário Geraldo Resende diz que ainda não é hora de comemorar. “Nos domingos os números caem porque não são todas as equipes que trabalham fazendo fechamento de casos. A média móvel deve voltar a subir no decorrer da semana”, explica. 

Foram confirmadas também 11 novas mortes por covid-19 em MS. Cinco em Campo Grande, Anastácio com 2 casos e Rio Verde, Ivinhema, Bonito e Corumbá com um caso cada. 

Quanto ao leitos SUS, as macrorregiões de Campo Grande com 72% das UTIs ocupadas e Dourados 76% somam-se à de Corumbá como focos de preocupação para a administração pública. 

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!