Cidades
COVID-19

"Não vamos precisar da instalação de novos leitos de UTI", diz secretário de Saúde

Após beirar o colapso, Geraldo Resende diz que leitos devem ser suficientes desde que população colabore

Glaucea Vaccari

20/08/2020 14:52

Após beirar o colapso, a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva  (UTI) em Mato Grosso do Sul deve ser suficiente para atender a população.

Afirmação foi feita nesta quinta-feira (20) pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, durante live para divulgação do boletim da Covid-19.

Conforme o secretário, amanhã, cinco novos leitos de UTI serão instalados em São Gabriel do Oeste.  

Além disso, há equipamentos para montagem de outros 20 em Campo Grande. O hospital onde eles serão montados ainda será definido em reunião com o Município.

“Chegamos a nossa capacidade máxima de construção de novos leitos. Acredito que não vamos necessitar da instalação de mais leitos de UTI em Mato Grosso do Sul”, disse Resende.

O secretário, no entanto, ressaltou que é necessário a colaboração da população nas medidas de restrição, para não aumentar o contágio pelo coronavírus.  

“Compete a contribuição de cada um para que busque melhorar cada vez mais a taxa de isolamento social, que mantenhamos uma média razoável desse isolamento social para que possamos ter uma vitória final no combate a covid-19 no Estado”, disse.