Cidades

Fabricante de Turbinas

Empresário argentino sugere que não recebeu da Eletrobrás porque não pagou propina

Empresário argentino sugere que não recebeu da Eletrobrás porque não pagou propina

Folhapress

16/08/2015 - 19h00
Continue lendo...

O empresário argentino Enrique Pescarmona, dono da Impsa, fabricante de turbinas para hidrelétricas e para energia eólica, deu uma entrevista ao jornal "Perfil" deste domingo (16) em que sugere que parou de receber da Eletrobrás porque não pagou propina.

A empresa ganhou na Justiça brasileira, em decisão de primeira instância, uma causa em que cobra R$ 1 milhão da Eletrobrás e da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) por ter deixado de receber pela energia que produzia em parques eólicos em Santa Catarina e no Nordeste.

A Impsa, segundo Pescarmona, investiu US$ 300 milhões (cerca de R$ 1 bilhão) em recursos próprios no Brasil. Somado ao capital de terceiros, o investimento total da empresa argentina chegou a US$ 1 milhão (R$ 3 bilhões). É o segundo maior investimento argentino no Brasil, atrás somente da compra do controle da Usiminas pela Techint.

Em entrevista ao jornal "Perfil", Pescarmona afirma que perdeu tudo o que aplicou no país vizinho. A Impsa quase quebrou e reduziu o número de funcionários na Argentina de 2.000 para pouco mais de 900.

Na entrevista, o jornalista Jorge Fontevecchia especula se Valter Cardeal, diretor da Eletrobrás, ligado à presidente Dilma Rousseff, seria o responsável pelo colapso de sua empresa e se seria ele a ponte entre o esquema de corrupção na Petrobras e práticas semelhantes que ocorreriam também na estatal de energia elétrica.

"É o que todos dizem", respondeu o empresário.

Em seguida, Pescarmona afirma que todas as empresas que hoje estão sendo processadas por suposto pagamento de propina não enfrentaram o mesmo problema que a Impsa com a Eletrobrás.

"Todas [as empresas] receberam. Fomos os únicos que não nos pagaram", afirmou. "Não quero fazer elucubrações sobre o assunto, mas o certo é que o único investidor a quem não pagaram pela energia [fornecida] por três anos fomos nós. Além disso, quiseram rescindir o contrato e queriam nos multar em R$ 4 bilhões, quando havíamos investido R$ 1,5 bilhão".

Segundo narra Pescarmona, quando procurou se informar na Eletrobrás sobre o que ocorria, recebeu o conselho de que deveria ir à Justiça.

"Nosso executivo, José Luis Meneghini, foi conversar com o presidente da Eetrobrás e recebeu como resposta 'vocês vão ganhar, mas terão que ir à Justiça'", contou Pescarmona.
Reclamar na Justiça, porém, segundo o empresário, significaria abrir mão de receber por três anos. "Isso nos matou porque ficamos sem receber US$ 250 milhões [cerca de R$ 750 milhões]".

"Nosso erro foi ter uma percepção equivocada de um Brasil moderno e nos demos conta de que um grupo de pessoas pode mudar a situação", desabafou Pescarmona.

Na entrevista, o empresário conta ainda que perdeu três negócios na Argentina para empresários argentinos simpáticos ao governo de Cristina Kirchner.

A Impsa ganhou os contratos, mas as licitações foram invalidadas e, depois, entregues a concorrentes que tinham parceria com chineses e russos.

Em crise financeira, sem acesso ao mercado internacional de crédito, a Argentina negociou com a China a injeção de recursos para aumentar suas reservas cambiais. O governo Kirchner também se aproximou da Rússia para obter financiamento externo.

LOTERIA

Apostador de MS leva R$ 500 mil em jogo único na Loteria

Três-lagoense embolsou quantia ao comprar o "bilhete premiado" de número 076.247; hoje, às 19h (horário de MS), tem sorteio de prêmio acumulado de R$ 65 milhões na mega-sena

25/07/2024 08h45

Apostador de MS leva R$ 500 mil em jogo da Loteria Federal

Apostador de MS leva R$ 500 mil em jogo da Loteria Federal Foto: Arquivo

Continue Lendo...

Um apostador sul-mato-grossense, na noite desta quarta-feira (24), levou R$ 500 mil no bilhete premiado de n° 076.247, válido pelo concurso 5.886 da Loteria Federal, jogo da Caixa Econômica Federal.

No site da instituição consta que o apostador é de Três Lagoas e fez a aposta na Loteria Caminhos da Sorte II, localizada na Rua Maria Guilhermina Esteves, n° 1247, no Bairro Jardim das Oliveiras.

Quatro apostas também foram premiadas, mas em valores menores, variando de R$ 18 mil a R$ 27 mil. Os apostadores são das cidades de São Paulo (SP), Timóteo (MG), Matão (SP) e Sâo Bernardo do Campo (SP).

Mega-Sena

Loteria sorteia nesta quinta-feira (24) prêmio acumulado em R$ 65 milhões. As seis dezenas do concurso 2.753 da Mega-Sena serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, em São Paulo.

O sorteio terá transmissão ao vivo pelo canal da Caixa no YouTube e no Facebook das Loterias Caixa. 

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. O jogo simples, com seis números marcados, custa R$ 5.

*Com algumas informações da Agência Brasil

Assine o Correio do Estado
 

Previsão do tempo

Confira a previsão do tempo para hoje (25) em Campo Grande e demais regiões de Mato Grosso do Sul

25/07/2024 04h30

Temperaturas seguem amenas pela noite e altas durante o dia

Temperaturas seguem amenas pela noite e altas durante o dia Gerson Oliveira / Correio do Estado

Continue Lendo...

Nesta quinta-feira (24), a previsão do tempo indica continuidade do tempo quente e seco, com sol e poucas nuvens em Mato Grosso do Sul. As temperaturas seguem estáveis e acima da média, aliado a baixos valores de umidade relativa do ar, entre 10% e 30%.

Durante a noite e ao amanhecer, as temperaturas mínimas permanecem um pouco mais amenas porém, ao longo do dia, as máximas estarão em rápida elevação devido a presença de ar seco. 

Devido à baixa umidade relativa do ar, recomenda-se beber bastante líquido e umidificar os ambientes.

Os ventos atuam do quadrante leste (sudeste/leste/nordeste) com valores entre 40 km/h e 60 km/h. Pontualmente podem ocorrer rajadas de vento acima de 60 km/h.

Confira abaixo a previsão do tempo para cada região do estado:

Para Campo Grande, estão previstas temperatura mínima de 19°C e máxima de 31°C. 

A região do Pantanal deve registrar temperaturas entre 16°C e 35°C. 

Em Porto Murtinho é esperada a mínima de 20°C e a máxima de 33°C. 

O Norte do estado deve registrar temperatura mínima de 15°C e máxima de 32°C.

As cidades da região do Bolsão, no leste do estado, terão temperaturas entre 14°C e 30°C. 

Anaurilândia terá mínima de 17°C e máxima de 32°C. 

A região da Grande Dourados deve registrar mínima de 16°C e máxima de 33°C. 

Estão previstas para Ponta Porã temperaturas entre 16°C e 29°C. 

Já a região de Iguatemi terá temperatura mínima de 17°C e máxima de 32°C. 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).