Clique aqui e veja as últimas notícias!

VIAGEM DE FIM DE ANO

Ônibus de viagens operam com 100% de lotação, empresas falam em biossegurança

Uso de álcool em gel, máscara, sistema de renovação de ar; confira medidas adotadas por empresas do Estado
17/12/2020 14:01 - Naiara Camargo


Diante de uma pandemia, o número de pessoas circulando em terminais rodoviários do Estado aumenta em épocas festivas de fim de ano, aumentando também o risco de contágio pelo coronavírus.

Com o objetivo de garantir a segurança e saúde de passageiros, empresas de ônibus têm seguidos rígidas normas de biossegurança contra o novo coronavírus.

Correio do Estado fez um levantamento junto às empresas para saber quais medidas estão sendo tomadas.

Últimas notícias

Disponibilização de álcool gel, obrigatoriedade do uso da máscara facial e aferição da temperatura corporal antes do embarque são algumas das medidas tomadas por empresas de transporte terrestre de passageiros intermunicipais e estaduais.

Desinfecção de veículos, disponibilização de informações a respeito do novo coronavírus e cuidados com funcionários do grupo de risco também entram na lista.

Empresas 

A Eucatur disponibiliza álcool gel 70% em seus ônibus e agências; afere a temperatura corporal de passageiros e obriga colaboradores e clientes a usarem a máscara facial.

Além disso, também renova o ar condicionado, com o sistema Flip onboard que tem uma eficácia de 72h dentro do veículo após a aplicação; limpa constantemente veículos e áreas de circulação e ainda orienta a equipe a realizar suas atividades de forma segura e higiênica.

A Buser também disponibiliza álcool gel no embarque e nos banheiros em todas as viagens; obriga colaboradores e viajantes a utilizarem a máscara facial protetora. 

Limpezas nos ônibus são realizadas ao fim de cada viagem e aqueles que apresentarem temperatura acima de 37,8º, não poderão embarcar. 

Quanto aos colaboradores, apenas os motoristas fora do grupo de rico estão autorizados a viajar.

“Para ajudar a conter a propagação do Coronavírus e respeitando decisões de autoridades, a Buser poderá suspender a qualquer momento, viagens já confirmadas”, alerta a empresa.

“No momento, os grupos estão funcionando normalmente, no entanto, por motivo de segurança, podem acontecer cancelamentos e suspensão de grupos já confirmados”, complementa.

A Andorinha transporte de passageiros também segue as normas de biossegurança. O uso de máscara durante toda a viagem é obrigatório e há aferição de temperatura corporal antes do embarque.

O viajante tem que higienizar as mãos logo quando inicia viagem e a limpeza e higienização dos veículos foram reforçados. 

O cuidado com funcionários também é priorizado: aqueles que são do grupo de risco estão sendo afastados e a empresa também está revezando os grupos para que não haja aglomeração de trabalhadores dentro dos departamentos. 

“A Andorinha está analisando a demanda de passageiros e cancelando as viagens de acordo com a redução de demanda, conforme já autorizado pelas Agências Reguladoras e atendendo em casos urgentes as especificidades e necessidades dos passageiros”, afirma. 

A Viatur também oferece álcool gel para higienização das mãos e obriga o uso de máscara facial, porém não afere a temperatura corporal do passageiro. Na porta do ônibus há um papel com informações a respeito do assunto. 

A empresa afirmou haver renovação do ar condicionado que circula dentro do veículo, em um sistema em que o ar de dentro é levado para fora e vice-versa. 

A companhia ainda afirmou estar operando com 100% da capacidade, pois já há autorização para isso. 

Apenas e excepcionalmente o destino da capital do Pantanal, Corumbá, não aceita chegada de ônibus com lotação máxima. Portanto, para esta rota, há revezamento de ônibus. 

Orientações

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) definiu novas medidas de biossegurança em combate ao novo coronavírus para o transporte interestadual.

Na publicação, recomenda-se que veículos sem sistema de climatização operem com a janela aberta; as empresas adotem medidas de distanciamento social, além de orientar o passageiro a seguir as regras de higienização. 

A prestação dos serviços de transporte coletivo rodoviário internacional de passageiros ainda continua suspensa enquanto houver ato do Poder Executivo restringindo, excepcional e temporariamente, a entrada de estrangeiros no país. 

Panorama da Covid-19 hoje (17) em Mato Grosso do Sul

Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), publicado na manhã desta quinta-feira (17), Mato Grosso do Sul já tem 118.003 casos confirmados de Covid-19 e 1.993 óbitos pela doença.

São 1.391 casos e 16 mortes a mais que ontem. Os recuperados já somam 98.556.

Em isolamento domiciliar encontram-se 14.188 doentes. Há 644 pessoas internadas, sendo 332 em leitos clínicos e 312 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Campo Grande registrou de ontem para hoje 604 novos casos; Dourados 153; Maracaju 61 e Ponta Porã 57.

Campo Grande, Jardim, Ponta Porã, Corumbá, Naviraí e Amambaí são as cidades que apresentaram mortes nas últimas 24 horas.

Assine o Correio do Estado