Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BOLSA DE VALORES

Governador apresenta PPP da Sanesul a investidores nesta terça-feira

Azambuja vai apresentar plano de Esgotamento Sanitário no Roadshow Virtual da B3
11/08/2020 08:48 - Gabrielle Tavares


O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), vai apresentar nesta terça-feira (11) o projeto da Parceria Público-Privada (PPP) da Empresa de Saneamento do Estado (Sanesul).

A apresentação será em um roadshow virtual da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo. O evento terá uma série de reuniões entre executivos e potenciais investidores, que geralmente são presenciais, mas neste ano será virtual em razão a pandemia da Covid-19. Essa mesma estrutura possibilitou ao Estado consolidar o projeto da concessão da rodovia MS-306.  

A meta do projeto que será apresentado hoje é atingir a universalização do sistema de esgotamento sanitário com 98% de cobertura, em até 10 anos, por meio de obras e serviços de implantação, recuperação, manutenção e operação da infraestrutura de esgotamento sanitário.  

A previsão é de que, durante os 30 anos de concessão, sejam investidos R$ 4,5 bilhões pela iniciativa privada, sendo aproximadamente R$1,7 bilhão em obras e R$ 2,8 bilhões na operação e manutenção do sistema de esgoto.

 
 

Azambuja comenta que a parceria vai permitir a universalização das residências com esgotamento sanitário no Estado. “Vamos ter 100% de coleta e tratamento nas 68 cidades que estão sob concessão da Sanesul”, apontou.

A secretária especial do Escritório de Parcerias Estratégicas, Eliane Detoni, explicou que o saneamento é um dos setores da infraestrutura mais complexo porque precisa de economia de escala para gerar eficiência.  

“E, nesse sentido, o modelo que adotamos, uma PPP, está totalmente aderente ao objetivo de antecipar investimentos e universalizar o esgotamento sanitário como exige o novo marco legal do saneamento”, afirmou Eliane.

Mais projetos

No Roadshow, o governador terá oportunidade de apresentar outros planos de negócios do Estado nas áreas de Logística de Transportes, Telecomunicações, Gás, Parques e Saneamento.  

Em novembro de 2019, Azambuja esteve na B3 e defendeu o projeto da estrada estadual. Em 5 de dezembro, o Consórcio Way-306 venceu a disputa com a melhor oferta de outorga, R$ 605 milhões, e deu início os investimentos que somam mais de R$1,7 bilhão, por 30 anos.

 
 

Dessa vez a busca do Estado é também unir esforços para concluir o traçado da Rota Bioceânica e garantir a integração entre rodovias, ferrovias, hidrovias e portos.  

O que permitirá a criação de um novo corredor de importação e exportação dos mercados brasileiro, boliviano, chileno, paraguaio, uruguaio e argentino, com uma economia estimada de 30% de redução de tempo de escoamento da produção para mercados mundiais.

Outra PPP prevista é o da Infovia Digital. A ideia é interligar os 79 municípios através de fibra ótica, criando uma conectividade digital. A desestatização da MSGás e parcerias para gestão dos Parques das Reservas Naturais do Estado também estão no escopo dos projetos que buscam a parceria com o setor privado.

Roadshow da B3

O diretor presidente da Sanesul, Walter Carneiro, e a secretária Especial do Escritório de Parcerias Estratégicas, Eliane Detoni, também participam do evento.

Além da Katyna Argueta, representante do PNUD/ONU no Brasil, o representante da EY Consultoria, Gustavo Gusmão e o gerente de Processos Licitatórios da B3, Guilherme Peixoto.

O evento será às 15 horas do horário de Brasília e pode ser acompanhado pela TV B3, pelo link. 

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!